Uncategorized

Estarei a mais nesta sociedade?…

Publicado em

Muitas das vezes sentes-te sozinho no meio de tudo e todos?

Parece que ninguém te satisfaz numa conversa longa. Após terminada viras costas como se não tivesse valido nada…

Justificação da tua parte perante estas afirmações: Parece que todos os que te rodeiam dizem e contradizem sobre si mesmos ou terceiros. Mesmo sendo pessoas próximas a ti, por quem te preocupas e pensas, que … “ não, este não me vai desiludir“. Acabas de pensar isto para ti e no dia a seguir, dás de conta que afinal não era bem assim.

Isto repetidamente com quem conheces desde o passado ou quem está contigo de passagem… Parece um ciclo que não termina. Chegas ao ponto de nem teres interesse de conhecer alguém, por pensares que é só mais um igual.

…Existe um amigo que até ultimamente tem pensado da mesma forma que tu… e tu mais uma vez pensas “ele compreende-me até...”. Corre tudo bem até que começa a pedir conselhos ou a falar… a desabafar contigo, dizendo que existe algo de errado com um terceiro… ou que este agiu desta forma…

Passando uns tempos, esse teu amigo está com esse terceiro como se nada fosse… Como se toda aquela conversa tivesse sido para acompanhar um cigarro… Provavelmente já nem se lembra daquilo que disse dessa pessoa.

Por vezes, és tu quem acaba mal visto no meio de situações como esta. Sem saber porquê…ou até sabes… porque não és como eles. 

…Tens uma noção de que tudo sobrevive à volta de interesses. Parece que cada amizade criada tem segundas intenções. São sanguessugas manipuladas por um regime materialista e consumista.

Tudo isto, cria um efeito no dia-a-dia,que nem nós próprios conseguimos explicar. Ficas de parte porque não gostas desse tipo de amizades ou maneiras de ser. Preferes ficar refugiado no teu pensamento vezes sem conta, até que, acabamos por nos sentir sós… “será que estou em decadência espiritual ou a sociedade em decadência mental?

Posto isto… Será que és tu que está a mais numa sociedade hipócrita, cheia de cunhas e lambidelas nos pés?

To be continued… 

Anúncios

“Lei do retorno”

Publicado em

0JEezYs

Alguém muito sábio um dia me disse: “A lei do retorno existe, o bem que farás hoje, um dia será retribuído. Assim como o mal que fazes.”

Hoje consigo perceber o sentido e a veracidade daquelas palavras.  Realmente existe, e para mim, o sinónimo desta lei é… o “karma“.

No entanto, para o conseguir entender, primeiro tive de provar do veneno. Sou só mais um dos que tem de cair inúmeras vezes para aprender.

Sobre este assunto, não consigo aconselhar, mesmo depois do veneno provar. Apenas digo que o sentimento de “karma” não é nada bom.

Senti isto, depois de me sentar…e refletir. Pensar no que me tinham feito, comparar o que fiz outrora com outra pessoa… Comecei a rever que o que estou a passar hoje, foi o que alguém passou por minha causa numa outra situação. E chorei… derramei lágrimas não pelo desastre sofrido no momento, mas sim, por apenas hoje me ter apercebido o que alguém chorou por mim… E eu nem quis saber. Apenas arrumei numa gaveta da minha mesa de cabeceira antes de dormir, e segui com a minha vida.

“As desculpas não se pedem, evitam-se.” Só por saber tão bem esta expressão, não lhe vou pedir desculpa. Não merece sequer que a incomode. Pois ela hoje deve estar bem e não quero que ela se lembre desse passado. Vou apenas observa-la a seguir os sonhos dela mesmo que o primeiro não se tenha concretizado…

Não é apenas mais um dia… É o dia!

Publicado em Atualizado em

tumblr_static_tumblr_l5u3xzmwqm1qajf5yo1_500_large

Faz um pouco mais de 12 horas que começou um novo dia… e amanhã começará outro! E o que irá ficar deste?

Levantaste-te cedo para sentir a frescura matinal e dizer “Bom dia” aos que amas? Tomas-te aquele pequeno almoço à pressa para não te atrasares para o trabalho ou aulas? E antes disso… puseste as tuas músicas favoritas para conseguires acordar, conseguir vestir-te e preparar-te para sair de casa? Chegaste ao trabalho/aulas e contagiaste o redor com a tua alegria, ou perfume!? Na pausa para almoço, contaste as novidades boas e más aos teus amigos e colegas?

Pois;

Agora faz o seguinte, passa todas estas questões para afirmações na primeira pessoa, sente e pensa como teria sido, ou será se assim o fizeres!

A vida é perfeita se souberes encontrar a felicidade nas coisas mais simples e que nos preenchem os dias. Não fiques triste por não puderes ir a um concerto no mês que vem, fica sim feliz, por amanhã teres um motivo para saíres de casa e veres o brilho do sol!

PS: Não fiques em casa a ver o tempo passar… e tenta passar o tempo!

Quando te voltar a ver…

Publicado em Atualizado em

“Tem sido um longo dia sem ti, amigo, e vou te contar tudo quando te encontrar novamente.

Percorremos um longo caminho desde que começamos. Oh! Eu vou te contar tudo quando te encontrar novamente…

Caramba, quem conhecia todos os aviões que voaram? As coisas boas que passamos. Que eu estaria parado aqui a falar contigo mas de um outro lado… Sei que gostávamos de gozar da estrada e dar uma gargalhada, mas algo me diria que isso não duraria muito tempo…”

images

“Como ignorar a família quando a família é tudo o que temos? Tudo o que eu passei, tu estavas lá ao meu lado. E agora voltaremos a estar para um último passeio…”

Wiz khalifa- See You Again traduzido

É impossível não sentir a letra desta música, não só por o que o Paul era para nós, pois os filmes de Velocidade Furiosa acompanharam a nossa infância ou adolescência. Mas também pelo facto de cada um de nós já ter visto alguém próximo de nós…partir para um ponto mais distante…

Estamos habituados a vê-los diariamente, a ligar-lhes quando mais precisamos, nem que seja para dar um abraço… Do nada esse pessoa teve que ir… Sempre ouvi dizer que quem fica, é quem mais sofre. Por isso senti que devia escrever algo sobre esta canção, que teimo em ouvi-la todos os dias. Leva-me a recordações… e recordar é viver… Transmite um sentimento de que temos de valorizar quem ama-mos, enquanto podemos.

E quando já não pudermos… ouviremos esta música e recordaremos momentos, nos quais ainda estávamos juntos e tudo era mais perfeito!

Acreditarei eu no destino?…

Publicado em Atualizado em

tumblr_lrsl1yyrSH1qck6jmo1_r1_500

Alguém me dê razões para acreditar que, nascemos para seguir um rumo de acontecimentos pré-destinados! Porque eu não consigo acreditar… porque nem entender sequer!

Agora os crentes vão pensar que és ignorante por pensares como eu! Mas eu passo já a explicar…

Será que nascemos destinados a ter uma doença que nos leve nos primeiros anos de vida? A perder familiares cedo demais ou de maneiras trágicas? Já sei!… Somos destinados a viver amarrados a uma cama dependente de máquinas!

Querem mais exemplos? Uns vêem a este belo mundo e nem sequer têm oportunidade de o ver…e outros de o ouvir…

Melhor… Querem me dizer que, MILHÕES DE CRIANÇAS NASCERAM DESTINADAS A MORRER À FOME! Fabuloso!!! – Nasci, criei uma família e depois morremos todos em casa por causa de um tsunami (ou tornado)!

Até podemos falar dos que do nada levam uma bala na cabeça, de um terrorista qualquer, cujo mundo deles é estragar o dos outros… e pronto! Era esse o teu destino.

Com todo este sarcasmo aqui descrito, podem parar e refletir. Basta de teorias e crenças no abstrato!

Não quero criticar crença nenhuma, até porque todos nós somos vítimas delas… Pagamos para nos darem um rumo (psicológico). Só não podemos estar à espera que o destino isto ou aquilo. O destino somos nós que o fazemos ou decidimos. Tens várias opções de escolha não tens? Então não existe destino…

Vamos lutar pelo que ambicionamos sem estar à espera de ajudas ou que o destino resolva! Se queres saber, pesquisa… Se queres ter, faz por isso… E se tens um sonho, desenha um caminho e segue-o!

Jajão?

Publicado em

jajao

Jajão é…

o que há em qualquer relacionamento

seja compulsivo ou por um momento.

Julgaste de mim parvo

ao pensares que

todas essas tuas palavras bem escritas

me iriam enganar…

não te vou mentir que..

por momentos acreditei mas,

Sempre dei valor a atitudes

e ao que eras quando comigo estavas.

Nada do que escrevias, descrevia o que éramos.

Nela éramos um mundo…na minha boca…nada fomos.

Pois, adoras viver o momento e por isso os vivemos tão felizes,

E com a distância foste-te esquecendo dos nossos momentinhos e porque?

Porque outros iam aparecendo a frente…

e como um isco … tu vais atrás da satisfação

como um pobre atrás do pão.

Era só jajão…

Se o ser é todo único…

Publicado em

Se o ser é todo único, então que sou eu…

Deparo-me com cada ser humano que me faz pensar “será que eles têm médico de família? Ou um veterinário?”. Andam de cara trancada como se o mundo lhes devesse alguma coisa…antes pelo contrário, eles é que devem ao mundo. E por aí… Vão-se achando únicos!

Só penso que determinadas atitudes deviam ser redimidas ou repensadas. Porque há quem trate pessoas como animais, quando os animais são eles. E por aí… Vão-se achando únicos!

Escrevo isto porque vejo e revejo a toda hora o estado em que esta sociedade está, e deixa-me triste… Não é que eu tenha a ver com os assuntos de outros, mas acho que o mundo se tornaria melhor com um ambiente ainda melhor.