memorys

Amo ser feliz e desprezo quem me tenta parar!

Publicado em Atualizado em

tumblr_mi2yd0eVyB1rm2g09o1_500

Não és a única pessoa que quando está feliz com alguém, ou alguma coisa, põe o mundo de lado para ter todo o tempo dedicado a ela. Às vezes perguntas-te porque é que assim o fazes! É simples… fazes porque amas e ao te dedicares no que amas sentes-te melhor… Não é verdade?

Vais recebendo aqueles avisos de amigos, ou até insultos de outros… Tudo porque se preocupam e outros te invejam. Tu refletes sobre o que os teus amigos te dizem em relação a esta situação…no entanto, continuas a fazer o mesmo e sabes porque? Porque te faz sentir bem e aumenta a tua felicidade. E pões de parte os outros!

Podemos-nos chamar de aventureiros, porque arriscamos. Já os antigos diziam “quem não arrisca não petisca” e nós petiscamos sem pensar em consequências ou finais…

Também sabes que essa felicidade pode ser só por uns instantes…que poderá não ser para sempre e que nesse caminho de escolhas poderás ter deixado alguém para trás, que mais tarde te vai dizer “eu avisei-te” e virar-te às costas… Mas continuamos a arriscar! 

Lembra-te que se viraram costas por te dedicares e arriscares a um propósito que poderia ser o maior na tua vida, é porque não mereciam que dedicasses um pouco de atenção neles… Por isso continua a viver aventuras que te fazem feliz! Continua a creditar em pequenas coisas que se podem tornar num tudo e viveres um “in love” para sempre.

Foi apenas um desabafo de alguém que vive e arrisca como tu!

Anúncios

Jajão?

Publicado em

jajao

Jajão é…

o que há em qualquer relacionamento

seja compulsivo ou por um momento.

Julgaste de mim parvo

ao pensares que

todas essas tuas palavras bem escritas

me iriam enganar…

não te vou mentir que..

por momentos acreditei mas,

Sempre dei valor a atitudes

e ao que eras quando comigo estavas.

Nada do que escrevias, descrevia o que éramos.

Nela éramos um mundo…na minha boca…nada fomos.

Pois, adoras viver o momento e por isso os vivemos tão felizes,

E com a distância foste-te esquecendo dos nossos momentinhos e porque?

Porque outros iam aparecendo a frente…

e como um isco … tu vais atrás da satisfação

como um pobre atrás do pão.

Era só jajão…